Armazenamento de leite materno: o que você precisa saber?

Quando eu voltei da licença maternidade eu passei a extrair o leite para deixar para o Pedrinho, e durante o almoço, corria até ele para amamentar, e voltava ao trabalho.

Cada vez mais as mamães estão escolhendo extrair o leite materno, e os motivos são: aumentar e manter a produção do leite, quando o bebê tem dificuldade em amamentar e principalmente quando a mãe necessita voltar ao trabalho. A pediatra Dra. Bruna Briones nos ajudou explicando como esse leite deve ser armazenado.

Primeiramente, no momento da extração, as mamães devem estar em locais limpos e confortáveis, o estimulo nas mamas deve ser feito com massagens e, para a retirada, podem ser utilizadas bombas extratoras de leite elétricas ou manuais. O leite materno quando armazenado, pode ser mantido tanto na geladeira quanto no freezer. Segundo a Dra. Bruna Briones, “o leite armazenado na geladeira deve ficar por 12 horas. Caso a mãe queira deixar o leite no freezer, o tempo recomendado é de no máximo 15 dias. O ideal é sempre manter o leite separado dos outros alimentos.”

Para auxiliar e ter mais praticidade no armazenamento do leite, as mamães podem armazenar em sacos próprios para armazenamento de leite materno. Eles são práticos, já vem esterilizados e são fáceis de transportar. Além disso, possuem local para identificação da data e horário da retirada do leite.

Uma das grandes dúvidas das mães é em relação a como descongelar o leite. A pediatra explica que sempre deve ser utilizado o leite que está guardado há mais tempo e o consumo deve ser em até 12 horas. Outro fator importante é retirar esse leite horas antes de utilizar e depois aquecer em banho-maria.

Deixe uma resposta