Mamãe, por que você não namora?

O Pedrinho tem questionado algumas coisas sobre o fato de eu ser sozinha, talvez por ele estar crescendo e entendendo melhor a minha situação. O lado protetor de filho está falando mais alto e ele começou achar melhor eu ter alguém kkk.

Com vocês (mães solteiras) é assim? Como vocês seguiram em frente?

Eu não vou a encontros , eles me fazem lembrar como eu me senti em algum dia. Eu deveria achar novos sonhos e esperanças. Sei disso! Mas ainda não consigo, e não fico triste com isso. Devo ser um caso mais preocupante kkk , se eu ainda tivesse vontade de me apaixonar novamente, se eu me sentisse sozinha, mas, não sinto nada disso. Estou bem na verdade!

Só me pego pensando nesse assunto, quando as pessoas perguntam como será quando o Pedrinho crescer e não mais me acompanhar nos passeios. Ah, quando chegar lá , eu vejo! Não tô preocupada. Se for para eu ter alguém, que seja leve! Já sofri demais. Afff, que dedo podre, viu!! kkk

Tenho muitas amigas que foram casadas e se separaram depois de decepções, traições;  a maioria está com dificuldade em refazer a vida com outra pessoa, mas pelo menos estão indo a encontros e procurando uma pessoa.

Mas comigo não é assim. Vai ver é pela maneira que foi o meu relacionamento . Eu já contei AQUI.

Uma coisa é certa, só queremos alguém para somar, não é mesmo?

Trouxe algumas dicas pra nós do site Familia.com.br  sobre como recomeçar:

  1. Reconhecer a perda, aceitar que o relacionamento não existe mais, mas no entanto serviu de experiência para decidir qual tipo de pessoa você quer ter ao seu lado para o resto de sua vida.
  2. Desejar ser feliz, não ter medo de tentar um novo relacionamento. Iyanla Vanzant em seu livro Enquanto o Amor Não Vem, diz: “Levante-se, mantenha-se em sintonia. Você sabe que pode mudar sua situação no momento que quiser.” p.239.
  3. Perdoe seu ex-esposo ou ex-esposa, torça para o sucesso dele(a), guardar ódio ou rancor só causará mal a você mesmo.
  4. Confie em você, acredite que será capaz de superar qualque dor que ainda esteja dentro de você.
  5. Dê tempo para você pensar no que de bom restou após a separação. Conheça a si mesmo, dedique-se a algo que você sempre quis fazer mas não podia porque era casado(a), como por exemplo, fazer uma viagem, um curso etc.
  6. Não tenha medo da solidão e com isso acabar se envolvendo com o primeiro que aparece, seja paciente, conheça lentamente sobre o outro, depois faça sua escolha com uma decisão madura.
  7. Invista em novas amizades, conheça pessoas diferentes, vá a lugares diferentes.
  8. Não se peocupe com o que as pessoas acham ou falam de sua separação. Mantenha a decisão de ser feliz sempre.
  9. Descubra quais são suas habilidades e desenvolva-as.
  10. Ajude outras pessoas que passaram por situações semelhantes a sua, ocupe-se em ajudar as pessoas, assim seu tempo passará e você esquecerá a dor.
  11. Cuide de você, de sua aparência, transforme seu guarda-roupa, olhe-se e se admire no espelho.
  12. Cuide de seu corpo, faça academia, você perceberá que a vida tem muito para te dar. Exercícios físicos fazem bem para a mente e para o coração.
  13. Ame-se, não importa o que pode acontecer, se você ama a si mesmo será capaz de amar ao próximo e sentirá a felicidade que advém do amor-próprio.

Desejo amor verdadeiro para nós e que saibamos enxergá-lo! Porque tem muita escuridão disfarçada de luz por aí 😉

Beijinhos !!

Deixe uma resposta