3 formas de combater a Fake News na educação infantil

Especialista aponta dicas para ajudar pais e responsáveis a abordar e explicar sobre o tema para seus filhos

Apesar de muito se falar sobre as fake news, pouco se fala sobre como elas afetam na prática a vida das crianças, pois elas também estão expostas a muitas dessas informações falsas, principalmente pelo uso da tecnologia nos processos de aprendizagem e pelas interações sociais. As notícias inverídicas podem gerar gatilhos para transtornos de ansiedade e pânico, minimizar os riscos de algum problema de forma equivocada e espalhar mais rápido do que as verdadeiras gerando conflitos.
 

Aproveitando às aulas no modelo híbrido, é importante além de preparar os alunos academicamente, prepará-los também socialmente. Trabalhar assuntos diversos, atuais e que fazem parte do cotidiano da criança, dentro e fora da escola, como este, é fundamental. 
 

Pensando em ajudar pais e responsáveis, Pedro Gigante, co-fundador e CEO do SuperAutor, projeto pedagógico que transforma crianças em autores de livros infantis, separou 3 formas essenciais de abordar este assunto com as crianças. confira:
 

1-) Promova uma leitura reflexiva: Uma atividade interessante para exercitar esta capacidade é a “leitura” de imagens. Ela busca evidenciar as imagens como textos que fornecem informações que também podem ser interpretadas. A proposta também entender como as nossas experiências prévias impactam na nossa absorção e entendimento de informações visuais.
 

2-) Identifique notícias falsas junto com as crianças: Uma ótima atividade para combater as fake news no meio infantil é ensinar na prática para a criança como analisar uma informação. Peça para que as crianças pesquisem sobre determinados assuntos e tragam links das pesquisas que elas encontraram. Recomende que a criança se atente à data da publicação, quem publicou, quem escreveu, quantos comentários a página possui, há quantos anos a página está no ar etc. Esta simples atividade pode despertar um senso crítico na criança e a curiosidade de investigar sempre mais. 
 

3-) Deixe claro os riscos de espalhar estas notícias: Além da velocidade que se espalha uma notícia falsa, a forma como ela pode afetar negativamente a vida das pessoas pode ser irreversível. Uma fake news pode gerar desinformações a respeito de temas relacionados à saúde pública, pode acabar com a reputação de alguém ou até mesmo ser responsável pela captação de dados pessoais para crimes online. Apesar de parecer cedo para tratar temas como estes com as crianças, é necessário que elas tenham em mente estes riscos, para que elas cresçam com a consciência devida sobre o tema. 
 

Deixe um comentário