ADAPTAÇÃO AO HORÁRIO DE VERÃO

c56f1f5f590eee59149e492a3da15ab9

O início do horário de verão, quando se adianta em uma hora os relógios, pode interferir no sono dos pequenos e trazer alguns prejuízos à saúde, tais como sensação de cansaço, falta de apetite, mudanças no humor, além da insônia. Isso acontece porque a melatonina, hormônio responsável pelo sono, está regulado pelo ritmo do dia – sol pela manhã e lua à noite. Com essa mudança, pode haver um atraso na secreção desse hormônio, deixando o organismo em alerta. É preciso ficar atento pois a má qualidade do sono pode prejudicar o rendimento das crianças em suas atividades escolares.

Essa confusão é conhecida como “desordem temporal interna” e demora algum tempo para se realinhar com nosso cotidiano. “Cada criança tem seu tempo e reage de uma forma diferente, porém esses sintomas desaparecem, normalmente, em uma ou duas semanas”, explica Rose Oliveira, enfermeira obstetra da Promoção à Saúde do Sepaco Autogestão.

Aproveite para realizar algumas atividades extras, já que o sol permanece um pouquinho mais. “Com o dia mais extenso, é possível aproveitar essa claridade para ir à parques, ter algum lazer após o expediente de trabalho e de escola com os amigos, ir ao cinema, ler um livro etc”.

As dicas da enfermeira para passar bem por essa adaptação é manter uma alimentação leve, ingerir mais líquidos e, principalmente, não pensar o que estaria fazendo se não houvesse o horário de verão. “A adaptação é lenta e gradual, mas se seu filho tiver dificuldades para dormir no horário habitual, o ideal é  ajuda-lo a relaxar e descansar. Tire o melhor proveito do dia e escolha coisas agradáveis e que tragam bem-estar á família toda”, conclui Rose.

Eu gosto do horário de verão para poder ter mais a luz do dia, e vocês!?

Beijinhos

 

Deixe uma resposta