Atenção aos corantes

untitled2

Eu fui pega de surpresa.. O Pedro tem uma alimentação super saudável. Na minha casa não entra refrigerante (eu sempre preferi suco e isso já é um hábito familiar, graças a minha mãezinha!), os doces, só em ocasiões especiais (no caso do Pedro, rsrs). Mas eis que, aparece no braço dele uma placa (como disse o pediatra) inchada e avermelhada, no joelho também e nas bochechas.

Fiquei super preocupada e corri para o pediatra dele. Depois de observá-lo, o médico disse que tratava-se de uma alergia a corante amarelo.. Fiquei pensando onde estaria essa substância chamada tartrazina. Mas aí, lembrei que fomos a uma festa de aviversário e que ele havia comido balas jujubas, sabem? e só pode ter sido isso.. Quem diria 🙁

CORANT~1

Pois é, o avanço tecnológico sem dúvida nos traz muitas vantagens, mas quando falamos em avanço aplicado a indústria de alimentos, também vejo muitas desvantagens, além de muita falta de informação!


Fui pesquisar mais sobre o assunto e trouxe as informações até vocês para ficarem atentas também!

– De acordo com um estudo realizado no Kuwait, de nove, quatro corantes permitidos (vermelho brilhante, amarelo crepúsculo, artrazina, e a carmosina ) são encontrados em quantidades superiores ao recomendável.
– A tartrazina (corante industrial), é um ingrediente comum em todos estes alimentos. Segundo um estudo de 2007 da Agência Alimentar do Reino Unido, a tartrazina, também conhecida como E102 ou Amarelo 5, foi um dos corantes ligados à hiperatividade em crianças.
– O problema é que além da hiperatividade, a tartrazina pode causar enxaquecas e reações de natureza alérgica, entre as quais, asma brônquica e urticária, que são as famosas coceiras e vermelhidões que aparecem em crianças.
– Geralmente você irá encontrar nos produtos as seguintes mensagens: “Aromatizado e Colorido Artificialmente” e na lista de ingredientes “Corante Artificial Amarelo” ou “Amarelo 5” ou “Yellow 5”.
– Em outubro do ano passado foi aprovado um projeto de lei para que as embalagens dos produtos alimentícios ressaltem que há tartrazina na composição, da mesma forma como já se faz com o glúten. Atualmente, os produtores apenas são obrigados a citar o produto na lista de ingredientes.
– Os medicamentos que possuem o corante Tartrazina em sua formulação, também deverão conter na bula a advertência: “Este produto contém o corante amarelo de Tartrazina que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais, asma brônquica e urticária, em pessoas suscetíveis”, conforme Resolução nº 572.

E o mais importante, em que alimentos são encontrados:

– gelatinas
– salgadinhos
– balas
– Bolinho Ana Maria, Bolinhos e pudins prontos de baunilha
– Sorvetes de passas ao rum, de creme, de maracujá, abacaxi, etc. de várias marcas

Pensa que é só em alimentos?

– Xampu Johnsons Baby para cabelos claros (aquele verdinho de camomila – o para cabelos normais é amarelo, mas não tem o corante assassino!)
– Sabonete PomPom de glicerina
– Sabonete líquido Granado para bebês

Isso foi um pouco do que achei, mas a lista é grande!

O Pedro vai ficar um tempo passando por tratamento e depois vamos ver se ele é alérgico mesmo! tomara que não.

*Bjins*

2 comentários em “Atenção aos corantes

  1. Puxa me foi muito útil esse POST, meu filho comeu essa bala jujuba e ficou com a pele toda vermelha cheia de mancha. Daí tomando bastante antialérgico, e comeu bolinho Ana Maria aí piorou dentro já dá crise… não é fácil..mas agora lendo essa matéria, tenho certeza que é o bolinho. Muito obrigada

Deixe uma resposta