Atenção às doenças respiratórias

No Outono, o clima seco e as mudanças de temperatura – frio e calor ao longo do dia-, favorece o surgimento dos agentes virais, o que facilita o aparecimento de infecções e alergias respiratórias, tais como gripes, resfriados, rinite alérgica, sinusite e asma. Muitos são causados por vírus e podem ser adquiridas pelo ar.

Segundo a dra. Cristiane Passos Dias Levy, otorrinolaringologista do Hospital Paulista, essas condições atmosféricas colaboram para que as pessoas escolham ambientes mais fechados e mal ventilados, o que favorece uma maior exposição a ácaros, poeira, mofo e demais substâncias que desencadeiem crises alérgicas.

Como fórmulas de prevenção, muitas pessoas acreditam que as soluções caseiras, tais como chás e canjas ajudam, mas elas apenas melhoram o desconforto da fase difícil das doenças. Embora válidas, não curam. “O fundamental é manter o ambiente arejado, repousar e ingerir grande quantidade de líquidos, além de dar preferência aos alimentos mais leves, durante o período de febre e mal-estar”, completa a dra. Dias.

Vale lembrar que é importante estar atento à campanha de vacinação contra a gripe, pois todos podem participar inclusive crianças a partir de seis meses de idade e idosos. Para os adultos é indicada a vacina dupla contra tétano, difteria e contra pneumococo, que previne infecções, como pneumonia, otites, faringites, sinusites e meningites. “A vacina contra a gripe é segura e uma medida preventiva eficiente para diminuir a incidência e possíveis complicações da doença”, explica.

Para finalizar, a especialista dá algumas dicas de cuidados simples que podem ajudar na prevenção de doenças, tais como evitar choques térmicos – frio e calor -, fazer refeições equilibradas, manter os ambientes limpos e arejados, consumir bastante líquido para manter a temperatura do corpo estável e lavar com frequência as mãos, já que são agentes transmissores de vírus e bactérias.

Borá se cuidar e das crianças também!!
*Bjins*

Deixe uma resposta