Bater a cabeça de propósito

Uma vez o Pedrinho, com 1 ano e pouquinho, bateu a cabeça de propósito no cadeirão, assim, do nada. Simplesmente bateu de frente com tudo e nem chorou. Eu levei o maior susto! Fiquei pensando o porquê dele ter feito aquilo. Depois, fez isso mais uma vez no berço, e como não aconteceu mais, desencanei!

Mas descobri que bater a própria cabeça é bem mais comum do que se imagina em crianças pequenas. Acredita-se que até 20 por cento dos bebês e crianças pequenas batam a cabeça de propósito, e que os meninos sejam três vezes mais suscetíveis a esse costume do que meninas.

Veja os principais motivos (fonte: Baby Center)

– Auto-conforto: Por mais estranho que pareça, a maioria das crianças que bate a cabeça faz isso para relaxar. Elas batem a cabeça ritmadamente quando estão prestes a dormir, quando acordam no meio da noite ou até durante o sono. Algumas crianças, em vez de bater a cabeça, se balançam de um lado. Especialistas em desenvolvimento acreditam que o movimento contínuo, como o de uma cadeira de balanço, possa ajudar as crianças a se auto-confortarem.
– Alívio para uma dor: Pode ser que seu filho esteja incomodado pela erupção dos dentes ou por uma dor de ouvido, e o ato de bater a cabeça funcione como uma espécie de distração para a fonte principal da dor.
– Frustração: Se uma criança começa a bater a cabeça durante uma birra, é provável que esteja tentando expressar as fortes emoções que está sentindo naquele momento. Ela ainda não sabe como converter seus sentimentos em palavras, então é mais fácil falar através do corpo. Pode ser ainda que esteja procurando se confortar em meio ao estresse dos acontecimentos.
– Necessidade de atenção: Muitas crianças simplesmente batem a cabeça porque desejam que alguém olhe para elas. E é óbvio que se seu filho está dando cabeçadas no cadeirão sem parar você vai parar o que está fazendo para olhar. Como toda criança ama receber atenção, ela passa a bater a cabeça só para ser mais paparicada.
– Problemas no desenvolvimento: Em alguns casos bem mais incomuns, bater a cabeça pode ser sinal de alguma doença da família do autismo ou de outro distúrbio do desenvolvimento. Porém, só bater a cabeça repetidamente, sem qualquer outro sintoma, raramente indica problemas mais sérios.

Como devo agir quando ele não para com as cabeçadas?

Veja a seguir algumas dicas de especialistas sobre o que fazer quando seu filho está batendo a cabeça:

-Dê atenção a seu filho, mas não qdo ele estiver batendo a cabeça
-Proteja seu filho para que ele não se machuque
-Tenha uma rotina para a hora de dormir
-Na dúvida, consulte o médico

Uma ótima semana pra gente!
*Bjins*

Deixe uma resposta