Berço Elétrico: o bloco de Carnaval criado para receber bebês de 0 a 6 anos

Além de fraldário, espaço para amamentação, banheiros infantis e monitor de decibéis, o bloco vai contar com aluguel de berços, para conforto das crianças e dos pais ..

Dono de uma proposta inovadora, o Bloco Berço Elétrico, pelo segundo ano consecutivo, vai participar do Carnaval de Rua de São Paulo com infraestrutura completa para receber bebês e crianças pequenas, com todo o conforto: espaço para amamentação, fraldário, banheiros adaptados, monitor de decibéis, equipe de segurança e, claro, repertório carnavalesco adequado ao público infantil. 
Totalmente gratuito, o evento vai acontecer no sábado, 22, a partir das 10h, na Praça Horácio Sabino, em Pinheiros, e ainda vai contar com a ilustre presença dos simpáticos personagens das séries animadas, Peppa Pig e seu irmão George Pig, e os super-heróis de pijama PJ Masks, Menino-Gato, Lagartixo e Corujita, que vão fazer sessões de fotos com a criançada. 
Além disso, o Bloco Berço Elétrico ainda vai disponibilizar para aluguel os já famosos ‘berços elétricos’, que deram origem à ideia de formação do bloco. Trata-se de um berço adaptado com rodinhas, guarda-sol e placas de proteção, onde o bebê pode pular, sentar, descansar e até dormir, sem estresse ou perigo. 
A expectativa dos organizadores é que cerca de 5 mil pessoas passem pelo local, superando a marca de 3 mil foliões contabilizados no ano passado. 

Ação Solidária
A participação no bloco é gratuita, mas quem quiser participar de uma ação solidária pode comprar abadás e locar berços durante o evento, cuja renda será revertida, em parte, para entidades de apoio a crianças carentes.
Os produtos estão à venda por meio do  site http://bercoeletrico.com.br/loja/. O body (até 24 meses), camiseta infantil (até 5 anos) e camiseta adulto custam R$ 45 cada. Os berços poderão ser locados durante o período do evento por R$ 90. 

O Berço que virou Bloco
Fundado pelo casal de foliões Júlia Maturana e Diogo Rios, o Bloco do Berço Elétrico surgiu de uma brincadeira. Fãs de Carnaval, em 2018, os pais do Pedro, então com 11 meses, decidiram levar o filho para curtir a festa, mas precisavam garantir a sua segurança e conforto. Assim, com muita criatividade e disposição, adaptaram o berço do bebê, com rodinhas, guarda-sol e enfeites e o levaram pra rua com o criativo nome “Berço Elétrico”. Foi então que perceberam que milhares de pessoas não se divertiam no Carnaval por terem bebês e crianças pequenas em casa. 
E assim surgiu, no ano passado, o Bloco Berço Elétrico, que revolucionou a festa paulistana ao oferecer um espaço seguro e com infraestrutura total para toda a família. 
Para saber mais, siga o Berço Elétrico: @bercoeletrico ou acesse: www.bercoeletrico.com.br 

Serviço
Bloco do Berço Elétrico
22/02/2020 
Das 10h às 14h 
Praça Horácio Sabino, S/N — Pinheiros 
Entrada Franca. Não é obrigatório ter abadá. 

Deixe um comentário