Brincar de carrinho: mãe também pode

Como mãe de menino, ás vezes eu me deparo com algumas brincadeiras novas. Apesar de ter um irmão e a gente ter brincado de algumas coisas de moleque: pipa, peão, taco, figurinha, etc, nada era muito estimulador rsrs E quando chegava algum amiguinho do meu irmão, ele me expulsava dali kkk

Por isso, eu me pego sem jeito de como brincar com o meu filho, não só com carrinho, mas com super-heróis também. Só que eu não desisto kkk , e lendo a opinião da terapeuta infantil, Regiane Glashan, me sinto mais motivada!!

Segundo a terapeuta, a participação da mãe na brincadeira dá um toque diferente à diversão e reforça os laços afetivos. “Isso é muito positivo, já que os carrinhos e acessórios, além de se encaixarem nesses requisitos, ajudam no desenvolvimento psicomotor das crianças.

Mas quais são as maiores dificuldades que as mães encontram ao se depararem com esse tipo de brincadeira?

A primeira é o hábito. A maioria das mães não está acostumada a brincar de carrinho com seus filhos e muitas não sabem como começar, fazer e desenvolver a brincadeira. Segundo, por não estarem habituadas a esse tipo de atividade, algumas acham que se brincarem de carrinho não estarão sendo verdadeiras e espontâneas com seus filhos. Terceiro, algumas mães pensam que brincar de carrinho pode confundir seu papel “feminino” dentro da relação familiar. Para finalizar, algumas mães acreditam que essa é uma brincadeira que deve ser exercida entre pai e filho, pois dessa maneira o vínculo seria estimulado e a relação ficaria mais estreita.

Por exemplo, quando a mãe está numa disputa de carrinhos com seu filho (corrida de carrinhos), seu movimento corporal é diferente de um homem. A mulher tende a usar mais o espaço, fazer movimentos mais amplos e dar um colorido diferente à brincadeira.
Talvez o carrinho dela perca e o prêmio da criança seja um abraço bem forte ou um beijo estalado. O pai, por sua vez, tenderá a bater palma da mão com palma da mão e dar uma boa gargalhada. Portanto, é possível notar que a mãe, ao brincar de carrinho, pode passar formas diferentes de ver e agir no mundo, sem ser melhor ou pior do que o papai. Apenas diferente!

Legal né! Então borá comprar uns carrinhos novos e brincar!!

image

Esses são HotWheels (os preferidos do Pedrinho)

Boa diversão!! *Bjins*

Deixe uma resposta