Colo de mãe é para sempre

Eu ouvi no inicio da maternidade algumas pessoas dizerem que se eu desse muito colo ao Pedrinho ele ficaria mal acostumado e iria querer toda hora o meu colo. Não dei atenção para isso e, sempre que achava necessário, o pegava no colo. Ver meu filhinho ficar calmo, seguro, protegido e tranquilo, era a melhor resposta, pois era um pedido do meu bebê, um jeito de dizer que algo estava faltando.

Ninguém estraga o filho por dar colo de mais. Contato físico investido de carinho é fundamental para o desenvolvimento do bebê!

Até hoje tenho o instinto de pegá-lo e abraçá-lo em meu colo quando ele chora, quando fica com medo de algo, ou, quando vem para perto de mim todo feliz após uma apresentação da escola. Isso sempre o acalma e dá aconchego, só que não é somente ele que é beneficiado com isso, faz bem a mim também. O colo é como um abraço cheio de amor!

O colo da mãe é o aconchego que todo filho precisa, é o lugar seguro que toda criança necessita, principalmente nos momentos difíceis da vida!

Não é mais como quando bebê, porque já não aguento mais carregar no colo o tempo todo, pois ele  já tem 6 anos e pesa 23kg. Ele sabe disso, mas mesmo assim, quando está cansado após uma caminhada, ou, dormindo dentro do carro, me pede para vir no colo , rsrs Queria poder aguentar, mas a coluna grita kkk

Independente da idade e, mesmo que não dê mais para carregar nos meus braços, o meu colinho sempre estará pronto para acolher o meu filhinho, seja fazendo cafuné quando ele poe a cabeça em meu colo, ou, agachando para que ele se aproxime no meu colo após um tombo…

Colo de mãe é pra sempre !

Foto na escola do Pedrinho no Dia das Mães – maio 2017

 

Deixe uma resposta