Como deve ser a alimentação para a criança que pratica atividade física

Saiba que além de brincar no recreio da escola, as crianças devem praticar um esporte durante 60 minutos por dia. E a alimentação adequada é fundamental para um ótimo desempenho esportivo.

O Pedrinho faz natação na Academia Tem Esportes e sai morrendo de fome, mas o que comer para evitar problemas na saúde e no crescimento da criança? 

Antes do treino: é importante entrar com os estoques de energia cheios. Para isso, fazer um lanchinho pré-exercício. Sugestões: banana com aveia, pão com geléia, suco de frutas

Durante o treino: Se o treino for inferior a uma hora, beber apenas água. As crianças podem evitar a desidratação durante o exercício ao ingerir líquidos a cada 15-20 minutos. Para a prática esportiva superior a 60 minutos, como ocorre nas escolinhas de esporte ou partidas de futebol, levar biscoitos para comer no intervalo ou isotônico para beber durante os treinos.

Após o treino: fazer um lanche variado para o músculo se recuperar da melhor forma possível. Boas opções: pão com queijo + suco de fruta OU cereal com leite + banana OU macarrão com frango e salada.

​As frituras, refrigerantes, biscoitos e bolos não devem ser consumidas com regularidade e, nunca devem ser opção antes da atividade física, pois levam à sensação de estômago cheio provocando desconforto.

As crianças que são ativas e que praticam atividade física gastam mais energia do que as que não fazem atividade e, por isso, precisam ingerir mais calorias, aproximadamente 2000 calorias diariamente, que devem ser divididas ao longo de pelo menos 6 refeições diárias, não devendo passar mais de 3,5 horas sem comer, de modo a manter energia e um bom rendimento escolar.

Deixe uma resposta