COMO PREPARAR A CRIANÇA PARA SE DESPEDIR DO ENSINO INFANTIL

6216bad80854a8842f30c93062444db2

2016 já começou e este é o último ano do Pedrinho no ensino infantil (ai, ai.. ) A minha maior preocupação (não só minha, mas da maioria das mães) é como ele irá aceitar e lidar com o novo!! Parece um assunto simples, mas não é.  Pode ser mais complexo do que muita gente imagina.

O Pedrinho – e acredito que os outros alunos também – ficam supondo como será a mudança e questionam, por exemplo,  se os amiguinhos irão para a mesma escola, se ela será de um personagem como esta que ele está, entre outras indagações que o Pedrinho me faz, mas sem entender muito bem a dimensão.

Por isso,  é importante sabermos como a escola em parceria com a família pode colaborar, apoiar e preparar a criança neste processo para que a transição aconteça de forma natural e sem preocupação de como será lá na frente..

Quando a criança sai do ensino infantil e passa a frequentar o ensino fundamental a maior mudança está no ritmo de trabalho ao qual a criança terá que se adaptar. O tratamento pedagógico na Educação Infantil é voltado, de maneira geral, para as grandes áreas do conhecimento. “O Ensino Fundamental inicia o acesso às especificidades de cada área”, explica José Carlos Martins, diretor pedagógico do Colégio Renovação.

Neste ano, por exemplo, a escola realizou com os alunos do 2º ano uma gravação de vídeo com depoimentos cujo objetivo era transmitir um recado, uma mensagem, para aquele aluno que está prestar a ingressar na nova fase. Nas cenas, as crianças contam sobre sua experiência de transição e como superaram as expectativas quando tinham, também, suas dúvidas de como seria quando estivessem no Ensino Fundamental. Os depoimentos foram transmitidos na reunião de pais como forma de tranquilizá-los para o novo e para que as mensagens ajudassem a tranquilizar também os filhos, conta o diretor.

E para os pais, como fazer para que essa mudança não seja traumática mas, muito pelo contrário, seja positiva? De acordo com Martins, para a criança que já possui uma rotina escolar bem estabelecida o processo é tranquilo e ela se sente desafiada para o novo momento. A família que acompanha o desenvolvimento vai auxiliar identificando sucessos e possíveis dificuldades auxiliando-a na superação.

No Ensino Fundamental a importante dica aos pais sobre esta nova fase está relacionada a rotina. Quando a criança transita em um universo onde estudar é uma tarefa pessoal, de responsabilidade, de esforço, onde o erro não é um prejuízo e sim uma oportunidade de rever um pensamento, ela saberá que só tem dúvida quem estuda e mostra-se mobilizada a fazê-lo. Os pais são sempre orientadores deste processo em casa. “Tudo depende do que cada pai internalizou como escola”, reforça e finaliza José Carlos Martins.

Pois é, temos um ano pela frente para preparar o Pedrinho, e escolher a melhor escola para ele estudar (assunto para outro post).

Beijinhos e até amanhã

Deixe uma resposta