Dar ou não recompensa para a criança ?

Olá mamães, como estão? Curtiram o final de semana?
Eu curti bastante, e no meio do lazer sempre surge uma pauta para o blog, isso porque tenho vários grupos de amigas mamães: na escolinha do Pedro, na blogosfera, nas redes sociais, da infância, da família, etc,etc rsrs

E, em um destes encontros, a Juliana, mãe do Matheus de 3 anos, contou sobre a alternativa que encontrou para lidar com algumas dificuldades do dia-a-dia com o seu filho.

image

“Durante uma fase com o meu filho tudo tinha que ser exaustivamente negociado….até mesmo as coisas simples como tomar banho, escovar os dentes, recolher os brinquedos e isso me estrassava muito. Durante uma das minhas sessões de terapia, o meu psicólogo recomendou que usasse fichas. Que funciona assim: As fichas podem ser qualquer forma, cor, etc. Para ilustrar mais a regra e tornar mais divertido pra ele, eu recortei estrelas em EVA. Cada vez que o Matheus se comporta bem, recolhe os brinquedos, toma banho sem chorar, escova os dentes, ele ganha uma estrela. Mas caso fizer mal criação, chilique, birra, ou for desobediente, ele perde estrelinhas. A cada 10 estrelinhas conquistadas ele ganha alguma coisa que ele queira muito. Segundo o psicólogo, essa técnica ajuda a criança a compreender que tudo na vida tem consequências e que as coisas devem ser conquistadas e que nada vem assim de mão beijada como eles, crianças, acham que é. Na primeira vez eu usei estrelas amarelas; depois que ele conquistou todas as amarelas, fiz estrelas azuis; e agora que o meu pequeno já conquistou as 10 azuis; as próximas serão vermelhas….e assim a gente consegue viver mais tranquilamente!! Tem sido muito legal, porque ele fica muito feliz quando ganha, mas não quer perder de jeito nenhum e tem sido muito mais tranquilo o nosso dia a dia aqui em casa….Nada como uma ajudinha de quem entende do assunto!!”

Outra mamãe, a Andreia, mãe do Bruno de 6 anos, conta que quando o seu filho era menor usou o painel educativo. O método é bem simples. É um quadro magnético que vem com os dias da semana e as principais tarefas das crianças, como, escovar os dentes, dormir, guardar os brinquedos, comer… Com carinhas tristes e felizes que são colocadas conforme a criança cumpre a tarefa ou não. ( recomendado a partir dos três anos).

image

O programa de TV americano, Super Nanny, que funciona para ajudar a educar os filhos em forma de um reality, usa desta alternativa e a chama de “método do incentivo”.

Segundo especialistas, quando falamos em recompensa, temos que tomar cuidado com a maneira que é colocada. Portanto, cuidado para não utilizar recompensa na hora da alimentação da criança.

Exemplos:
“Se não comer a salada, não vai ganhar presente.” Isso pode levar a criança a sentir ódio das saladas.
“Coma toda a sopa para ganhar a sobremesa” passa a ideia de que tomar sopa não é bom e que a sobremesa é o máximo.

Como em toda educação , existem pessoas contra ou a favor a determinados métodos , e como gosto de saber e mostrar os dois lados de tudo, eu ouvi Kelly R., graduanda em Pedagogia, pós-graduanda em Psicopedagogia que cita Piaget para explicar o seu raciocínio. “O uso tanto de punições quanto de recompensas dificulta o desenvolvimento da autonomia da criança. A obediência motivada pelo medo da punição ou tendo em vista algum benefício futuro constitui-se numa dependência da criança em relação às regras de comportamento a serem obedecidas, desencorajando-a a construir o seu próprio discernimento a respeito do que deve ou não fazer. As recompensas têm, ainda, como conseqüência, o estímulo à bajulação com vistas a alcançar aquilo que é desejado. O uso das recompensas por longo período de tempo conduz a um conformismo e alienação dos reais motivos pelos quais a criança faz determinadas coisas”.

Bom, vale a pena tomar um certo cuidado. Eu comecei a usar as estrelinhas com o Pedrinho, mas gosto de fazer como a Juliana, de uma forma de incentivo , sem ser autoritário ou ameaçador, mostrando que tudo na vida tem consequências, mas se eu perceber que pode prejudicar o seu desenvolvimento, paro na hora!

E vocês, o que acham??

*Bjins*

Deixe uma resposta