DICAS DE COMO PRATICAR A CARONA SOLIDÁRIA NA VOLTA ÀS AULAS

Não sei para vocês, mas a volta às aulas pra mim é uma maratona! Deixo o Pedrinho na escola em outro bairro distante ao meu, vou para o meu trabalho, que fica em um bairro próximo a escola dele. E na volta, a mesma maratona. Ah, tem o dia do rodizio!! Nem te conto o sufoco que é (socorro). Tenho que me desdobrar todo dia.

Por isso, quando recebi essas dicas do gerente de Estratégia de Produto da Ford América do Sul e integrante do Comitê de Mobilidade da empresa, Luciano Driemeier, que separou para o blog algumas dicas para formar grupos de carona solidária, achei o máximo !!

Essa prática é cada vez mais útil e ajuda a evitar congestionamentos, economizar nas despesas com o veículo, colaborar com o meio ambiente e otimizar o deslocamento de pessoas que fazem o mesmo trajeto ou roteiro similar. Só preciso achar com quem fazer kkk

De acordo com o executivo, a Ford incentiva esse comportamento solidário. “Ele é benéfico para a sociedade e para o indivíduo, além de poder ser colocado em prática facilmente. Na melhoria da mobilidade pequenas ações podem ter um grande impacto para o coletivo”.

As dicas são:

Primeiro, selecione interessados que vivem na mesma região e tenham crianças estudando na mesma escola ou em outras próximas.

Defina claramente a rota e locais de ponto de encontro para buscar e levar as crianças. Realize um sistema de rodízio entre os pais, que pode ser semanal.

Crie um grupo no celular para comunicação instantânea por meio de um aplicativo de mensagens, facilitando o contato direto entre os responsáveis. Neste sentido, por exemplo, os carros da Ford possuem o sistema de conectividade SYNC, muito útil, porque operam por comando de voz e têm acesso aos recursos do celular, como telefone e navegador. Isso permite uma direção mais segura, com o motorista mantendo sempre as mãos no volante e os olhos na pista.

Certifique-se sobre a segurança dos ocupantes antes de iniciar o trajeto. Mesmo em distâncias curtas, é mandatório que todos estejam usando cinto de segurança, inclusive no banco traseiro – o que é exigido também para as crianças. Segundo resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), caso a criança tenha menos de 1,45 m de altura, é obrigatório o uso de cadeiras infantis, que podem variar de acordo com idade e peso. Os veículos da Ford vêm de fábrica com o sistema Isofix para a fixação destes equipamentos, considerado o mais seguro do mundo.

Nunca pare em fila dupla porque, além de prejudicar o tráfego de outros veículos, as estatísticas mostram que podem causar acidentes. É recomendado chegar à escola com alguma antecedência.

Reúna todas as crianças durante embarques e desembarques, facilitando a organização para maior segurança.

Mantenha os ocupantes entretidos, evitando agitação e “bagunça”. Conforme a idade, alguns brinquedos ou jogos podem ajudar a passar o tempo, tornando o percurso uma experiência mais divertida e a chegada às aulas mais prazerosa.

Gostaram? Eu vou tentar aderir e conto para vocês minha experiência 🙂

Beijinhos

Deixe uma resposta