Dicas para acertar na escolha da escola do seu filho

Na hora de decidir onde o filho irá estudar, os pais são tomados por dúvidas sobre qual instituição é a melhor para promover o aprendizado. Mas há detalhes que a família deve considerar para fazer a opção correta. Saiba quais.

Definir o estabelecimento de ensino que será responsável pela educação de seu filho não é tarefa fácil. Ao contrário, os pais vivenciam esse dilema sempre que têm de fazer esta escolha pela primeira vez ou quando precisam mudar de escola. E com razão, é necessário se atentar a vários detalhes e definir qual será a opção mais adequada para a criança aprender, desenvolver competências socioemocionais e, por que não, ser feliz durante esta fase da vida.

Conversei com a diretora da Escola Bilíngue Pueri Domus, Ana Cristina Rocha Gonzaga, que recomenda aos pais anotarem os itens considerados prioridade para a família, como localização, qualificação profissional dos docentes, metodologia de ensino, espaço físico da unidade, horários, grade curricular, entre outros. Acompanhe a seguir algumas dicas que devem ser levadas em conta durante a visita ao empreendimento.

Localização

Avalie a localização da escola e como seria a mobilidade do estudante. É importante considerar este fator para não gerar estresse extra ou cansaço por conta do trajeto, resultado do trânsito ou tempo gasto nas idas e vindas entre a casa e a escola. É importante os pais conhecerem as rotas de deslocamento e também se há serviço de transporte escolar e quanto custa.

 

Estrutura física

Durante a visita, observe bem como é a estrutura física da escola. Se as salas oferecem conforto e equipamentos, se há espaços interativos, área para atividades físicas e de lazer, local para alimentação, laboratórios, biblioteca e cantina ou lanchonete. Avalie também como é a limpeza, a segurança e a manutenção de todas as áreas.

 

Alimentação

Nas escolas que oferecem alimentação para seus alunos, é importante os pais se informarem se há nutricionistas que cuidam do cardápio, quais são os itens oferecidos e se há possibilidade de adequar para aqueles que possuem restrições alimentares.

 

Proposta Pedagógica

Na conversa com o diretor ou o coordenador, informe-se sobre a proposta pedagógica da escola. Isto é fundamental para os pais entenderem como é o planejamento criado para promover o aprendizado dos seus alunos. É na proposta que estão definidos como serão feitas as avaliações dos alunos e quais serão os meios utilizados para transmitir conhecimento. Procure se informar também sobre a grade curricular e os horários dedicados para todas as atividades.

 

Metodologia de ensino

Saiba como será promovido o aprendizado do seu filho pela escola. Tenha em mente que os primeiros anos de vida escolar são muito importantes para o desenvolvimento da criança. Portanto, avalie como é a formação do aluno e se há atividades para estimular o conhecimento. Verifique, entre outras coisas, quais são os livros utilizados, se a escola adota ferramentas tecnológicas, se oferece cursos extracurriculares, se faz passeios e se há compromisso com o desenvolvimento socioemocional do aluno.

 

Corpo docente

Os professores são mediadores de conhecimento em uma instituição de ensino, portanto, é importante que os pais avaliem a capacitação daqueles que irão cuidar do desenvolvimento do seu filho. Lembre-se que um corpo docente capacitado demostra a excelência da escola e como ela se compromete a manter a qualidade na formação de seus alunos. Considere também quantos professores farão parte da jornada do seu filho por período.

 

Comunicação

Os meios que a escola utiliza para se comunicar com os pais contribuem para o acompanhamento da rotina escolar dos filhos e como está sendo o aprendizado. Atualmente, as plataformas digitais têm sido eficientes neste processo, mas é preciso também considerar a quantidade das reuniões presenciais.

 

Ensino bilíngue

Se os pais buscam uma instituição que prepare o filho para se comunicar em qualquer lugar do mundo, a opção é escolher uma escola bilíngue. Neste caso, avalie se a proposta é desenvolver habilidade multicultural.

Após considerar os itens acima e outros definidos pela família, de acordo com Ana Cristina, provavelmente os pais ficarão em dúvida entre duas ou três escolas. “Para resolver a questão, faça uma nova visita, agora conversando com outra pessoa. Se falou com a coordenadora, peça uma conversa com a diretora, por exemplo. E leve seu filho junto. A criança é sempre um bom termômetro para ajudar na tomada de decisão”, ensina a diretora.

Deixe uma resposta