Drible gripes e resfriados nos pequenos com mudanças de hábitos simples

Esse tempo que esquenta e esfria toda semana, já deixa nossos filhos vulneráveis , né? Para o Pedrinho basta esfriar um pouco que a tosse vem 🙁  E o contato na escola com outras crianças , eles acabam ficando mais suscetíveis à gripes ou resfriados. Antes acontecia mais, agora que ele cresceu, melhorou muuuito! 🙂

No primeiro ano na escola a incidência de gripes e resfriados era maior, porque quanto mais nova a criança, menos contato com agentes infecciosos ela teve. Além disso, os pequenos não lavam tanto as mãos como os adultos, eles espirram e tossem sem proteger o nariz e a boca, compartilham brinquedos diariamente, e geralmente levam tudo o que veem para a boca. Assim, se um coleguinha de sala estiver gripado, é quase certo que o vírus será transmitido para as outras crianças. Por isso, a importância de sempre evitar o contato de pessoas doentes com bebês, especialmente antes de tomar as vacinas.

Confira dicas do Benegrip Multi para algumas mudanças simples que podem evitar a doença nos pequenos:

 

·         Lave as mãos das crianças com frequência e, sempre que possível, utilize álcool em gel;

·         Higienize todos os brinquedos;

·         Forneça alimentos ricos em nutrientes, como frutas, carnes, legumes e verduras garantem a saúde de qualquer pessoa. Por isso, ofereça comidinhas saudáveis ao pequeno. Também vale incluir no cardápio alimentos ricos em vitamina C – como laranja, acerola, limão, brócolis, espinafre;

·         Deixe os ambientes sempre ventilados;

·         Ensine seu filho desde pequeno que ao tossir ou espirrar devemos colocar o braço ou um lenço de papel na frente da boca.

 

Outro incômodo é o narizinho entupido! 

Por aqui tenho que manter limpo, em casos de crises alérgicas, a pediatra do Pedrinho recomenda os jatos no nariz de 1h e 1h. Só assim para ele respirar melhor e parar de tossir.

Não conseguir respirar, deixa os pequenos cansados e irritados durante o dia, dificulta sua alimentação e, à noite, atrapalha o sono. Em casos mais simples, a higiene nasal com solução salina já melhora a respiração, mas até uma certa idade, as crianças ainda não sabem assoar o nariz e, quando se trata de bebês até os 6 meses, a respiração só ocorre pelo nariz pois eles não sabem ainda respirar pela boca; por isso  é necessário o uso do aspirador nasal, que auxilia a limpeza e remoção do excesso de muco desde os primeiros dias de vida.

De acordo com a pediatra Denise Katz (CRM 63548-SP) a higienização nasal seguida de aspiração nasal remove o excesso de muco provocado por Infecções das Vias Aéreas Superiores, rinites e sinusites¹̛ ² e limpa as poeiras e poluentes ambientais nas narinas, impedindo a formação de crostas – as famosas caquinhas. Também previne infecções virais e bacterianas nas narinas e melhora em 67% a qualidade do sono; 36% da alimentação 76% da respiração dos pequenos. Com isso, estima-se que os pais utilizem 41% menos medicamentos nas crianças.

“A drenagem de secreções do nariz nem sempre é simples. A cavidade da narina tem uma arquitetura estreita e complexa, por isso, é imprescindível se certificar da qualidade do aspirador nasal, para que ele não agrida o narizinho do bebê. Para isso, é recomendado que o material seja flexível, em silicone e tenha ponteira nasal macia e fácil manuseio. Opte também por aparelhos que possuam válvula de segurança, como o da marca Rinosoro, que impede que o muco chegue a boca dos papais.  Para dar firmeza na sucção escolha aspiradores que possuam um bocal rígido e anatômico e também peças desmontáveis para facilitar a higienização do aparelho, que deve ser feita apenas com água e sabão”, explica a pediatra.

Mas como é feita a aspiração em apenas 3 passos?

1- Aplicou: Aplique o Rinosoro Gotas nas narinas com o auxílio do conta-gotas, conforme necessidade, para fluidificar e ajudar a remoção da secreção nasal.

 43

2- Aspirou: Encoste delicadamente a ponteira macia de silicone na narina do bebê e através do bocal, aspire a secreção nasal. Não se preocupe! O Aspirador possui válvula de segurança que dispensa o uso de filtros e não permite contato direto do adulto com o muco extraído do narizinho.

3- Limpou: Alívio nasal imediato. Bebê com a respiração livre e a mamãe com o coração aliviado.

Deixe uma resposta