Equitação, uma experiência ideal com crianças

image

O Pedrinho gosta tanto de cavalos, que resolvi pesquisar sobre o esporte. Eu já o levei a alguns lugares para andar, e ele ama!!!

Especialistas em atividades ao ar livre, dizem que o passeio a cavalo proporciona uma gama de sensações sonoras, táteis e visuais.

Por isso, é importante incentivar as famílias a fazer algum esporte com os seus filhos que não são motorizados e buscar a aproximação com a natureza diretamente. Neste sentido, os estudos do Ministério do Meio Ambiente em atividades não-motorizadas indicam: ambiente natural para caminhadas , ciclismo e equitação como experiências sustentáveis ​​que podem ser acessíveis para as famílias.

O cavalo não é apenas uma maneira de apreciar a natureza, que podemos desfrutar com nossos filhos em um fim de semana ou feriado, ele também traz muitos benefícios..

Olha só :

Segundo a fisioterapeuta Letícia Junqueira, do espaço similar no Jockey Club de São Paulo, o hipismo desenvolve atividades que não necessitam de terapia, como agilidade, coordenação motora e percepção. “Desenvolve também os cinco sentidos: a audição devido ao som das patas, o tátil por conta do contato com o pelo e o corpo do cavalo, que tem dois graus a mais que o nosso, além do olfato e a visão”, comenta.

Equilíbrio

O equilíbrio é um dos grandes benefícios da prática desse esporte. Segundo Letícia, o cavalo tem um movimento ‘tridimensional’ — para todos os lados e direções — ao mesmo tempo que seu balançar transmite uma série de movimentos sequenciados e simultâneos. Segundo ela, 95% do movimento do cavalo é semelhante ao andar do homem. O movimento tridimensional também ajuda a desenvolver a capacidade de concentração. Ao estar em cima do cavalo, ela ativa seu sistema de alerta para não cair, além das reações de endireitamento postural.

Estimulação precoce

A fisioterapeuta Letícia Junqueira desenvolve o programa ‘Equitação lúdica’ no Jockey Club de São Paulo, no qual crianças de dois a 8 anos são estimuladas por meio de brinquedos e atividade equestre. “Visa o enriquecimento do sistema psicomotor global das crianças, que nessa fase tem um desenvolvimento intenso devido à plasticidade do sistema nervoso”, explica.

Limites e agressividade

A equitação contribui para diminuir a agressividade e torna as crianças mais sociáveis. Utilizado em alguns casos como terapia, a equitação ainda proporciona à criança uma melhor aceitação dos próprios limites e respeito aos limites dos outros.

Confira endereços em São Paulo onde há aulas para crianças:

Sociedade Hípica Paulista
Rua: Porto Martins, 342
Brooklin
Tel: (11) 5504-6166/5504-6155
http://shp.m2rnet.com.br/

Clube Hípico de Santo Amaro
Rua: Visconde de Taunay, 508
Santo Amaro
Tel: (11) 5524-0600
http://www.chsa.com.br/

Fontes: Araraquara.com, alobebe.com.br

Bjins e bora cavalgar !!

Deixe uma resposta