ESTOU GRÁVIDA !

Como foi o momento de anunciar a sua gravidez!? Planejada ou não , é sempre emocionante, pelo menos para a maioria rsrs Existem tantas maneiras lindas de fazer isso, tornando o comunicado ainda mais maravilhoso. Mas no meu caso, não foi assim. Foi no susto, e nunca contei para vocês!

Poderia ter sido numa situação mais feliz, mais esperada, cheia de planejamentos e frufrus. Mas, como anunciar que você está grávida à alguém, quando a relação acaba de chegar ao fim, que vinha aos poucos se definhando , desgastando e que em um momento de recaída você engravida !! Sim, foi assim comigo.

Tive um relacionamento de cinco anos com o pai do Pedrinho. Uma paixão fulminante no inicio, mas que foi culminando com tantas mentiras por parte dele, e ficou difícil do amor sobreviver.

Faziam 45 dias que eu estava grávida e quando fiquei sabendo , fiquei sem coragem ou vontade de contar..

Era uma tarde ensolarada, tínhamos um churrasco de amigos em comum. Pensei mil vezes se deveria ir, mas algo me dizia que sim. Então, eu fui sem imaginar que aquele seria um dia tão horrível pra mim…

No churrasco, ficamos distantes um do outro e não poderia ser diferente, havíamos terminado. Mas nosso relacionamento conturbado e doentio sempre nos pregava peça, e fazia estarmos juntos de novo. Neste dia não foi diferente. Saímos de lá juntos ensaiando se eu contava ou não.

Naquele dia, eu havia comprado vários remédios que a minha médica tinha me passado para tomar, que estavam na bolsa. Eu peguei um para tomar sem que ele visse , mas não sei como, ele mexeu na minha bolsa e viu os remédios. Talvez, ele estivesse desconfiado, e como os nomes dos remédios eram todos para gestante, logo descobriu.

A reação dele? Não, não foi de alegria, de emoção, não me abraçou , nem teve nenhum gesto de carinho. Simplesmente foi frio, não gostou. Disse que não queria , insinuou coisas horríveis, e eu nem sei como não perdi o bebê naquele momento.

Sim, a máscara dele caiu naquela hora. Com certeza não era este tipo de anuncio para a minha gravidez tão sonhada. O que poderia ser o dia mais feliz da minha vida, não foi! Sofri muito, com um misto de alegria por estar grávida.

Cadê aquela pessoa que aparecia gritando que me amava , que me mandava flores, chocolates, levava para hotéis e viagens incríveis? Cadê? Não, esse cara não existia, era uma faixada , um personagem. E mais tarde (quando o Pedro tinha dois meses de vida)  fui descobrir o porquê daquela reação e o porquê dele ter ficado em cima do muro. Ele mantinha um outro relacionamento junto com o nosso. Como não percebi? Ele tinha argumentos fortes para algumas ausências. Sabe aquele cafajeste de novela? Nesse nível.

Mas, mesmo com tudo isso que me aconteceu, só posso agradecer a Deus por ter enviado o meu anjinho azul. Foi ele que fez com que eu enxergasse o homem que estava na minha frente e fez com que aquele relacionamento doentio, acabasse ali. Obrigada filhinho por ter vindo me salvar! Desde então, somos só nós dois!! 💙

Hoje, não tenho mais essa dor no peito , afinal, já se passaram seis anos, rs. Por isso, consigo contar aqui e ter um bom “relacionamento” com o meu ex, que existe somente por causa do Pedrinho. Meu filhinho merece conviver com o pai.

O que eu quero deixar aqui de mensagem para vocês, é que independente do anuncio que for feito neste grande dia, o que importa é o amor entre vocês. A verdade no olhar, o carinho, a cumplicidade.

Pouco importa a foto, o texto, a flor, mas sim, o que vem junto com tudo isso 🙂 Pense nisso, quando for contar que está grávida ao ‘pai’ que você escolheu para ser do seu bebê.

Seja feliz! 🙂

 

9 comentários em “ESTOU GRÁVIDA !

  1. Mônica, que história emocionante. Assustadora, desesperadora, mas emocionante.
    Na qualidade de leitora (não de parceira, nesta hora), agradeço por ter compartilhado seu relato.

  2. Monica, que história hein??? Me vi um pouco nela…. Gravidez depois de uma separação só quem passou sabe a mistura de dor, arrependimento, angústia e alegria. Somos guerreiras !!!!! Agradeço a Deus e a minha filha que me abriu os olhos pra muita coisa. Bjsss

  3. Mônica me vi na sua história…também descobri que estava grávida do meu primeiro e único filho aos 41 anos quando não estava mais com o pai dele. Eu tenho Endometriose e nunca tinha engravidado entao não evitava pois achava que nunca iria acontecer comigo. Descobri que já estava de 3 meses em um exame de rotina. Contei ao pai do Gustavo que estava grávida e ele tbem foi bem frio comigo . Tempos depois descobri que ele também estava em outro relacionamento quando estava comigo e que a outra pessoa que estava com ele tbem tbm estava grávida. Enfim, meu filho tem um irmão de 3 meses de diferença dele, fora mais outros 2 irmãos mais velhos de outros relacionamentos do pai dele. Depois de muito lutar por um reconhecimento paterno, assim que o Gustavo completou 2 anos , o pai resolveu registrá-lo em seu nome. A luta ainda continua mas agora com os pés no chão e coração um pouco mais calmo consigo pensar melhor e tomar decisões que me perturbaram por muito tempo. Adorei seu depoimento e conhecer um pouco da sua historia. Bju

    1. Oi Paula ! Obrigada por compartilhar sua história comigo, e que momento difícil vivemos não é? Mas superamos e vivemos lindamente com nossos filhos . Beijos no coração e volte sempre

Deixe uma resposta