Filmes para pequenos e jovens cinéfilos na programação gratuita da 14ª CineBH

Os longas-metragens da Mostrinha poderão ser vistos até 6 de novembro.

A intensa e variada programação da 14a CineBH – Mostra de Cinema de Belo Horizonte, que começou ontem (dia 29 de outubro) em ambiente virtual, conta com uma seleção de filmes para crianças e jovens de 05 a 14 anos.

Para formar novas audiências e inserir famílias e crianças na programação, apostando em futuros espectadores de cinema brasileiro. Serão exibidos dois filmes de longa-metragem na Mostrinha“Para’í”, dirigido por Vinicius Toro e “Dentro da Caixinha”, filme do diretor mineiro Guilherme Reis.

Para’í conta a história de Pará, menina guarani que encontra por acaso um milho guarani tradicional, que nunca havia visto. Ela se encanta com a beleza das sementes coloridas do milho e busca cultiva-lo. Através da busca de plantar as sementes do milho, Pará começa a questionar seu lugar no mundo; quem ela é; por que fala português e não guarani; por que é diferente dos colegas da escola; por que seu pai vai à igreja Cristã; por que moram numa aldeia tão perto da cidade, por que seu povo luta pela terra.

E em “Dentro da Caixinha”, Arthur, Laura e João passam férias na casa da avó, numa grande cidade. Os três irmãos se distraem com videogames e redes sociais quando, de repente, uma tempestade provoca a queda de energia. Ao ver seus netos entediados sem os passatempos eletrônicos, Neusa revira seu baú de lembranças e surpreende as crianças com o divertido universo das brincadeiras de roda.

A programação de filmes da 14a CineBH realiza também o Cine Expressão, com sessões Cine-Escola e Cine-Debates para fãs da sétima arte, alunos a partir de 5 anos de idade e educadores. As produções ficam disponíveis de 29 de outubro a 6 de novembro no site www.cinebh.com.br. possibilitando que as famílias e os professores tenham mais tempo para assistir os títulos com os estudantes.

Cine-Expressão – Seleção de filmes

Faixa etária sugerida: 5 a 7 anos

RENASCIDA DAS ÁGUAS – Direção: Julio Quinan

Para a construção de uma das maiores hidrelétricas, uma bela paisagem deve ser destruída. No meio do caminho, uma pequena cidade resiste à mudança.

TEM UM MONSTRO NA LOJA – Direção: Jaqueline Dulce Moreira

Filme que conta a história da Ana Galocha, uma personagem infantil criada para contar às crianças sobre a cultura, hábitos e tradições da vida rural, principalmente do estado de Minas Gerais. Neste filme ela descobre sobre a carranca e, em meio às confusões e aos mistérios, ensina sobre o valor cultural das carrancas e da importância das crianças saberem sobre as peças históricas da sua terra.

Faixa etária sugerida: 8 a 10 anos

ANTES QUE VIRE PÓ – Direção: Danilo Custódio

Luan é um garoto sensível que acolhe um passarinho. A partir daí, começa a refletir sobre a fragilidade da vida e se depara com o fato de que nada dura para sempre, ao mesmo tempo em que descobre que o máximo que podemos

fazer a respeito é cuidar de tudo com muito amor, antes que vire pó.

DILÚVIO – Direção: Gustavo Spolidoro

Preservação, viver em comunidade e a poluição de cada um de nós são temas que surgem nas margens do arroio que cruza a cidade de Porto Alegre: o Dilúvio. Um grupo de estudantes e sua professora fazem um passeio da nascente à sua foz e juntos fazem uma divertida investigação.

Faixa etária sugerida: 11 a 13 anos

TRINCHEIRA – Direção: Paulo Silver

Num aterro de lixo, um garoto observa o imponente muro de um condomínio de luxo. Gabriel usa sua imaginação para construir seu mundo fantástico.

TORCIDA ÚNICA – Direção: Catarina Forbes

Na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, o São Paulo jogaria com o Fluminense no Morumbi por uma vitória para ser campeão. No meio disso, acompanhamos a família de Laura e a expectativa dela, do pai e dos irmãos para ir ao estádio assistir ao jogo, ao qual, supostamente, todos compareceriam.

Faixa etária sugerida: a partir de 14 anos

MEU NOME É DANIEL – Direção: Daniel Gonçalves

Daniel Goncalves nasceu com uma deficiência que nenhum médico foi capaz de diagnosticar. Neste documentário pessoal, o jovem cineasta residente no Rio de Janeiro traça o caminho de sua vida para tentar compreender sua condição. A partir de imagens de arquivo da família e de cenas gravadas hoje em dia, vamos passear por momentos, histórias e reflexões de Daniel.

Os curtas foram especialmente selecionados com acompanhamento de sugestões de reflexões e atividades, podendo ser solicitados pelo e-mail cine-escola@universoproducao.com.br. Para o longa “Meu Nome é Daniel” (faixa etária a partir de 14 anos), foi gravado um bate-papo com o diretor Daniel Gonçalves.

SOBRE A MOSTRA CINEBH – BH INTERNATIONAL FILM FESTIVAL

CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 14ª edição de 29 de outubro a 2 de novembro de 2020. Promove a conexão entre o cinema brasileiro e o mercado internacional. Apresenta-se como instrumento de formação, reflexão, exibição e difusão do audiovisual em diálogo com outros países. A programação prevê exibições de filmes nacionais e internacionais, pré-estreias e mostras retrospectivas, realiza programa de formação com a oferta de oficina, laboratórios, debates e painéis, promove o fomento ao empreendedorismo, dissemina a informação, produz e difunde conhecimento, cria oportunidades de rede de contatos e negócios, reúne a cadeia produtiva do audiovisual em uma programação abrangente e gratuita.

Deixe uma resposta