Flores e chocolates te conquistam?

Histórias de contos de fadas são fofas, mas ainda bem que as princesas estão mudando. Porque elas me enganaram direitinho hahaha

Eu não entendia muito isso até lidar com situações muito decepcionantes. Como quando me deixei levar duas vezes por caras muito apaixonados, com insistentes investidas para me conquistar, que acabou terminando em namoro. Quando na verdade, eu não estava apaixonada, simplesmente aconteceu. Fui escolhida e aceitei! Talvez porque cresci lendo essas histórias de princesas sendo conquistadas por príncipes e vivendo felizes para sempre.

Mas claro, que não terminou como nos contos de fadas e esses dois relacionamentos não deram certo rsrs E a minha mãe me disse algo certeiro: “você se envolveu pelas flores, chocolates, declarações daqueles que só estavam interessados em te conquistar

E eles caíram nessa armadilha também, afinal, amor não é isso!

Vida que segue!” Muita gente diz isso, mas na minha interpretação essa expressão tem dois lados. Quando dita para nos confortar de algo triste, pode ser válida, mas quando simplesmente queremos deixar a vida no piloto automático, acho arriscado.

Falei outro dia aqui da importância de tomar ás rédeas das nossas vidas, mesmo sabendo que certos eventos fogem das nossas mãos, acredito que situações como essas, que acontecem em namoros e até em casamentos, onde nos envolvemos com pessoas que não deixaríamos entrar nas nossas vidas se estivéssemos realmente pilotando nosso coração e mente, poderiam ser diferentes.

Alguns dirão que é carência afetiva, pode até ser em alguns casos, mas independente do motivo, acredito que se entendêssemos tudo isso, se lidássemos melhor com nossa inteligência emocional, não cairíamos nessa cilada de se envolver com pessoas “erradas” e não cederíamos às suas investidas e cantadas.

Mas alguém aí poderá dizer: “É errando que você acerta”. Sem dúvidas, todo mundo erra para acertar, mas se despertarmos nosso subconsciente para o que é perigoso, receberemos um alerta vermelho, assim erramos menos e somos mais felizes com nossas próprias escolhas.

Eu costumava dizer, por exemplo: “Deus está no comando”. Mas, e a minha responsabilidade? A minha parte nisso tudo? Minha missão nessa vida? Afinal, se eu deixar tudo na mão de Deus, ficarei sentada esperando acontecer, ou, deixarei rolar sem me importar com as consequências. Pois, mudei minhas palavras e hoje eu digo: “Deus está me ajudando a comandar a minha vida”.

Transferir responsabilidades é mais fácil sem dúvidas, mas não resolve nossa vida, só adia o que nós mesmos temos por fazer.

Eu estou lendo um livro muito interessante chamado “O Poder do Subconsciente” de Joseph Murphy, que diz o seguinte:

“Tudo que você grava no subconsciente é manifestado na tela do espaço sob a forma de situações, experiências e fatos. Por isso mesmo, você deve vigiar cuidadosamente todas as ideias e pensamentos acolhidos pela mente consciente.”

A nossa força é maior do que imaginamos e atraímos pessoas e situações boas se assim mentalizarmos e acreditarmos. Por isso, comandemos nossas vidas e sejamos felizes…

Visualize e sinta profundamente no seu coração e no subconsciente. Você está no comando!

Deixe um comentário