MÃES DE FILHOS OLIMPICOS

IMG_3455

Como fica o coração de uma mãe quando o filho está representando o seu país nos Jogos Olímpicos ? Se para mim, ver meu filho em uma apresentação simples da escolinha, chorando, ficando tímido ou nervoso, já me deixa super preocupada, com vontade de tira-lo daquela situação, imagine acompanhar seu filho em uma responsabilidade dessas, como a Olímpiada?

No inicio da semana eu tive a oportunidade de ouvir as mães dos atletas Arthur Zanetti, Thiago Pereira, Jaqueline Carvalho e Ágatha Rippel em um evento promovido pela P&G, marca patrocinadora oficial das Olímpidas. Na ocasião foi lançada a quarta versão da campanha premiada “Obrigado, Mãe”, enaltecendo a força e o papel materno na carreira dos atletas – e de todos os filhos ao redor do mundo.

As “mães olímpicas” falaram sobre a preparação, os cuidados e a força que dão aos filhos em suas vitoriosas carreiras. Josiane Costa, mãe da jogadora de vôlei Jaqueline Carvalho, Roseane Zanetti, mãe do ginasta Arthur Zanetti, Rose Vilela, mãe do nadador Thiago Pereira, e Maria Bednarczuk, mãe da jogadora de vôlei de praia Ágatha, contaram com fica o coração delas nessa hora e a força que dão aos filhos na fase de preparação.

Assistimos ao vídeo emocionante da campanha que retrata esses momentos. “Não tem como assistir ao vídeo e não se emocionar. Os momentos mostrados refletem com perfeição o que nós, mães de atletas, passamos ao longo da carreira de nossos filhos e ver essa história contada de forma lúdica em uma campanha olímpica representa uma mistura de orgulho e nostalgia para nós”, declarou Roseane Zanetti, mãe do atual campeão olímpico das argolas, Arthur Zanetti. “A cena em que o atleta liga para a sua mãe afirmando que não aguenta mais e pretende desistir reflete exatamente o que passamos em diversas oportunidades. Não consigo nem contar quantas vezes já recebi ligações dessas da minha filha”, comentou Josiane Costa, mãe da bicampeã olímpica Jaqueline Carvalho.

A mãe do nadador Thiago contou que o filho chegou a ligar dizendo que ia desistir devido a pressão um dia antes de ganhar uma medalha de prata. E para finalizar soltou seu grito de torcida quando ele está em competição.

Muito legal ! Estamos na torcida junto com elas.

Beijos em todas mamães

Deixe uma resposta