Meu menino

super herói

 

Carrinhos e bolas por toda parte, tapetes e almofadas fora do lugar, a sala vira um campo de futebol, brincadeiras de pular e se jogar, xixi fora do penico, cavalinhos e cachorros aqui e ali.. Mas tem também, manha na hora de dormir, choro quando não quer se despedir, beijos e carinhos quando eu mais preciso – com os seus pequenos braços em volta do meu pescoço como se quisesse me proteger…. Esse é o meu menino!

Amo ser mãe de menino e ter aquela sensação de que o meu super-herói está sempre ao me lado!!

Mas será que há algo que mães e pais devam fazer diferente, quando se trata do cuidado de um menino ou menina?

Segundo o pediatra, Dr. Roberto Cooper, há uma diferença visível entre ambos no ponto de vista físico, somente esta diferença exige cuidados diferenciados.

Por exemplo, a higiene do menino não requer tantos cuidados quanto a da menina, mas a partir de uma certa idade (entre 1 e 3 anos) precisa ser feita puxando o prepúcio (pele que recobre o pênis). Eventualmente esta pele fica tão fechada que os meninos precisam passar por uma cirurgia de fimose. Esta seria uma diferença. Tirando esses aspectos físicos, localizados, não deveria haver nenhum cuidado diferente entre meninos e meninas.

Acho que é por isso que a gente brinca dizendo que as mulheres sofrem mais: menstruação, TPM, depilação, sutiã, ai, ai.. Mas a dádiva mais linda está conosco e isso os homens nunca saberão como é: a de ser mãe! E isso compensa tudo, não é mesmo meninas?!

Olha quanta mãe de menino famosa que temos por aí…

 

PS: na última foto a “famosa” sou eu com o meu filhinho! rs

Adoro esse texto:

 “Ser mãe de menino é aprender a jogar bola, brincar de carrinho, peão e futebol de botão e pensar… Por que não fiz tudo isso na minha infância se é tão divertido? É aprender o nome de diferentes tipos de caminhões, carros, aviões e demais veículos. Conhecer todos os super-heróis pelo nome, uniforme e superpoderes. Ser camarada de monstros, lobos, vilões e demais seres fantásticos, é ser pirata, motorista, piloto de avião, super-herói e dinossauro. É assumir papel de herói ou vilão, e se preparar porque a cada dia tem uma nova emoção. Ter pique para jogar bola e correr e jogar bola e correr e correr e correr e correr e correr mais um pouco. Ser mãe de menino é sentir-se uma princesa protegida de monstros e bicho papão, pois tenho um príncipe valente que não me deixa na mão; é descobrir que a cor azul é tão linda quanto a rosa, é ganhar beijo na boca, ter a face acariciada e ser chamada de linda, muitas vezes ao dia. Ser mãe de menino é ouvir das pessoas que o sexo masculino é estúpido e mal educado e, provar com muito carinho que isso dependerá muito da educação que ele vai receber! Eu AMO ser mãe de menino!” Letícia Thompson

 

 

Bjins

 

6 comentários em “Meu menino

  1. Sou mae de meninos a 19 anos,tenho meu mais velho de 19 e o mais novo de 14,e maravilhoso o carinho e a cumplicidade que temos,basta olhar e já sei o que passa lá no fundindo dos seus corações , amo ser MAE de meninos,ha 10 meses tenho vivido a experiência de ser MAE de menina,minha pequena Sofia…. E posso dizer que ser MAE e uma dadiva de Deus ….. Obrigado meu Deus por permitir estes presentes na minha vida.

  2. Olá Mônica,
    Sempre sonhei em ser mãe de menino e há um ano meu sonho se concretizou.
    Como faço para enviar a foto do meu príncipe Yan? (tentei e não consegui).
    Beijos,
    Vivi.

  3. Olá Monica, sua participação no evento sobre pedofilia organizado pelo Instituto ABIHPEC, está disponível em nosso site prodigs.com.br e facebook.
    Envio o link para que possa visualizar e conhecer nosso trabalho.
    O Prodigs é um projeto de ação social de prevenção ao abuso sexual, através da informação.
    Fomos selecionados para concorrer ao importante prêmio Innovare 2015 e sua participação enriquece nosso trabalho!
    http://www.prodigs.com.br/site/index.php/even?layout=edit&id=38
    Estamos também no facebook
    https://www.facebook.com/pages/Prodigs-A%C3%A7%C3%A3o-Pr%C3%B3-dignidade-Sexual/1588801358031021?ref=aymt_homepage_panel

Deixe uma resposta