Os pais devem ficar atentos ao consumo exagerado de chocolate

Essa época do ano não tem como falar de outra coisa, a não ser de  Ovos de Páscoa e chocolate kkk Por aqui, já começamos a experimentar alguns, mas sem exageros. Muito importante orientar as crianças!

É preciso respeitar os horários das refeições e a qualidade da alimentação. Oferecer alimentos com menor teor de gordura, restringir outros doces e aumentar a oferta de frutas e hortaliças ajudam a equilibrar a alimentação. Quando existem exageros na ingestão de qualquer alimento, os demais grupos alimentares que devem ser consumidos são esquecidos.

Segundo a nutricionista Lenycia Neri, menores de dois anos de idade não devem consumir açúcares e doces. A partir dessa idade, a quantidade recomendada é de uma porção de 55 kcal por dia. Considerando apenas o consumo de chocolates como doces, se a criança ganhar um ovo de páscoa de 100g (560 kcal) e consumir uma porção por dia, este ovo durará 10 dias.

A minha dica é separar a porção de chocolate para consumo e não deixar o ovo à disposição para a criança comer o quanto quiser.

Caso a criança consuma muito, é bom ficarmos atentos ás reações. A reação alérgica ao cacau é rara. As reações, em geral, estão associadas a outros componentes presentes nos chocolates como leite, amendoim ou castanhas. O consumo em excesso de qualquer alimento rico em gordura e açúcar, no entanto, deve ser evitado por poder desencadear dores abdominais, diarreia, náuseas e vômito.

O chocolate é altamente calórico. Nele, há substâncias estimulantes capazes de gerar a falta de sono na criança, por isso, a importância do horário que irá comer.

Caso elas recebam de presente muitos chocolates, guarde-os para ir entregando aos poucos, sempre observando a data de validade do produto.

O Pedrinho já teve diarreia por ter comido chocolate mais do que devia em uma festa de Páscoa na escola. Por mais que falemos para eles não comerem em exagero, a ansiedade é enorme para a chegada do coelho da páscoa e a caça aos ovos. E foi isso que aconteceu. Cada ovinho que o Pedrinho descobria na caça, ele abria para comer. Nem precisa dizer que quase surtei com a escola kkk

Sou dessas que acredita que a alimentação em equilíbrio é o que funciona, sem passar vontade, mas sem exageros 😉

O importante é ter disciplina e não amolecer quando eles fizerem aquela carinha de quero mais.

E na casa de vocês, como funciona ?

 

 

 

 

Deixe uma resposta