Pagando Mico junto com o filho

Segundo o Pedrinho, que agora está com 7 anos, fazer foto na rua é “Pagar Mico” .

Essa é uma boa hora para ensinar que é bom de vez em quando bancar o “ridículo”. Os meninos costumam ser mais fechados na infância e têm muito medo do julgamento alheio. Em outras palavras, eles não gostam de passar vergonha. Por isso, é legal passar uns micos junto com eles , assim vão ficando menos preocupados com a opinião alheia.

Afinal, quem não tem medo de fazer um papel muito ridículo no meio de todo mundo? Falar uma bobagem no meio da aula quando a classe inteira está em silêncio; vestir uma roupa toda certinha e ir para uma festa em que a turma está bem desarrumada; soltar pum no meio de um casamento… É muito desagradável mesmo. Mas quem nunca passou por isso que comece a zoar os outros.

 

Um livro muito interessante que aborda o assunto é o “Quem tem medo do Ridículo?“, da Ruth Rocha, que é um desses livros que a gente lê com muito prazer e dando risada, mas no fundo pensando “ufa, ainda bem que não sou só eu”. (Para crianças de 7 a 9 anos).

 

 

Nós pais também pagamos micos com os filhos, não é mesmo?  Quanta saia-justa já passei com o Pedrinho:

Mãe, por que aquele homem é muito gordo?” (apontando pra ele)

Alguém soltou um pum, está fedido aqui” (no meio do elevador cheio de gente)

Esses são apenas alguns exemplos de frases que o Pedro, e a maioria das crianças, insistem em dizer em alto e bom som, deixando os pais mortos de vergonha.

Ninguém, ninguém mesmo, costuma nos alertar que, com a chegada das crianças, vamos começar a pagar mico. Se ainda não aconteceu com você, calma que a sua hora vai chegar kkk

 

Dicas de ouro da Revista Crescer:

– Divirta-se! Aprenda a rir da situação e saiba que pagar mico faz parte do pacote “filhos”.

– Crie uma peneira social, preparando seu filho para algumas situações com antecedência – saiba que é uma peneira e não um escudo, porque uma coisinha ou outra vai passar.

– Se a saia-justa for inevitável, volte para a dica 1, e lembre-se de que, depois que a vergonha passar, a história vira um “causo” engraçado de família, ótimo para contar na mesa do almoço de domingo ou depois que as crianças crescerem.

 

Então, bora pagar mico juntos e ser feliz, sem se preocupar com os outros kkkk

 

5 comentários em “Pagando Mico junto com o filho

  1. Tem que estar preparado mesmo para ter filhos e “pagar mico” só com muita paciência eles vão aprendendo a ter melhor convivência com as situações. E conforme crescem sempre vai falar que nos que fazemos eles pagarem micos imagina na adolescência rsrs

Deixe um comentário