Quando eu era criança …

Vocês já começaram a usar essa frase : “Quando eu era criança adorava o desenho tal”, kkk #quemnunca . Eu já mostrei alguns para o Pedrinho que eu adorava, um deles era os Smurfs rs, além de muitos outros.

image

Recentemente o Pedrinho até me perguntou: “-Mamãe, quando eu crescer vou deixar de ver desenho? Eu não queria, porque eu adoro”.

Ver desenho é bom demais mesmo! E eu gosto de assistir junto com ele, principalmente os mais educativos.

Pois a Netflix fez uma pesquisa sobre o assunto: 85% dos pais querem compartilhar com os filhos os desenhos que viam quando eram crianças.

A conexão entre pais e filhos que acontece por meio dos filmes e desenhos favoritos da sua infância é muito especial. Os participantes dizem que se sentem crianças de novo (75%) e que os filhos aprendem importantes lições de vida (76%), e levam muito a sério a missão de manter vivas as referências da cultura de sua infância. Além disso, 66% estão escolhendo serviços de TV pela Internet, como a Netflix, para viver essa nova tradição familiar.

“Os desenhos de sábado de manhã que eram tradição na nossa infância estão hoje disponíveis na Netflix, mas agora podemos decidir quando queremos fazer essa sessão nostalgia em família”, conta Erik Barmack, vice-presidente global de conteúdo independente. “Transformers, Os , Meu Pequeno Pônei, Pokémon e outros desenhos já estão passando de pais para filhos, e continuaremos adicionando clássicos como as novas versões de Danger Mouse e Ursinhos Carinhosos”.

Uma das perguntas da pesquisa foi quais programas os pais mais queriam mostrar aos filhos. Os de super-heróis, como Homem-Aranha, As Tartarugas Ninja e Os Vingadores, foram os campeões. A pesquisa também mostrou algumas diferenças culturais entre os países:

● Os pais norte-americanos são fãs do Inspetor Bugiganga
● Tom e Jerry é o desenho favorito dos pais brasileiros
● Os britânicos adoram Danger Mouse
● Os canadenses são fãs dos Smurfs
● Asterix tem preferência esmagadora dentre os franceses
● Na Alemanha, Píppi Meialonga faz o maior sucesso
● Os pais mexicanos são fãs de A Pantera Cor-de-Rosa

Esse ritual de passagem cria piadas internas e até uma linguagem secreta entre pais e filhos, mas o tempo em família é a razão pela qual 90% dos pais adoram essa tradição. Apesar disso, nem todos os pais foram criados do mesmo jeito:

● Os pais norte-americanos costumam deixar os filhos acordados até mais tarde
● Os brasileiros se orgulham de fazer os melhores lanches para a hora da TV
● Os britânicos gostam de continuar se divertindo com os filhos mesmo depois que o programa acaba
● Os canadenses são os que mais se orgulham de gostar dos mesmos programas que seus filhos
● Os franceses se gabam de escolher os melhores programas
● Os alemães adoram ver TV abraçados e rindo com os filhos
● Os mexicanos dizem que deixam os filhos no comando do controle remoto

Mas não são só os pais que criam essas novas tradições familiares. As mães aproveitam programas de TV para educar os filhos, mas também gostam de matar a saudade (84%) e o senso de familiaridade que os programas trazem (78%). Os Ursinhos Carinhosos estão no topo da lista dos desenhos que as mães querem apresentar aos filhos, e 77% das mães também assistem aos desenhos que os filhos apresentam para elas. Além disso, 87% delas dizem que amam ver seus filhos abraçados com seus companheiros assistindo à TV.

Borá assistir Tartaruga Ninja agora!
Bjins

Deixe uma resposta