Quarentena: Animes para a criançada

O Pedrinho é fã de Animes, e na quarentena descobrimos a Crunchyroll, um serviço de streaming líder em transmissão de desenhos animados japoneses: animes, j-dramas e outros conteúdos da mídia asiática. Além do divertimento com os animes, ele aproveita para treinar a leitura, já que a maioria é legendado e não dublado.

Apesar de ser uma plataforma bem antiga — quase tanto quanto a Netflix — pouca gente a conhece, mas o Pedrinho e seus amigos são de uma geração ultra rápida, que logo descobre o que lhes interessa, rs

Nela você encontra séries clássicas e atuais de sucesso, como Dragon BallNarutoOne PieceMy Hero AcademiaAttack on TitanSailor Moon Crystal, Os Cavaleiros do Zodíaco e etc.

O Pedrinho gosta de Pokémon, Naruto, Boruto, Dragon Ball, One Piece e My Hero Academia. Eu sempre fico de olho se é para a idade dele, aliás isso é uma das coisas que senti falta na Crunchyroll . É importante ter uma restrição de faixa etária nos animes, já que tem muitos animes que são muitos pesados para crianças.

Mas a classificação mais comum dos animes é de 12 anos, porque pode conter violência e sangue.  Um exemplo de anime com a classificação de 12 anos é o Dragon Ball.

Mas existem os Kodomo, que significa literalmente “crianças”. São animes feitos com foco nas crianças, como o nome sugere, principalmente entre 4 e 10 anos.

As histórias Kodomo costumam transmitir importantes lições para os mais novos, como respeitar os mais velhos, por exemplo. Os enredos são simples e de fácil compreensão. A importância da amizade e a valorização de valores fraternais e familiares também são comuns neste tipo de anime.

Hamtaro, Pokémon, Beyblade, Doraemon e Heidi são alguns dos títulos mais populares de animes Kodomo. Heidi, muitos pais devem lembrar. Eu assistia e adorava 🙂

Você pode acessar a Crunchyroll pelo site oficial (crunchyroll.com), pelos aplicativos para iPhone e Android, por set-top boxes e consoles de videogame, como PS4 e Xbox One. Os assinantes têm ainda acesso a um grande catálogo de mangás (os quadrinhos japoneses), tanto pelo site quanto pelos aplicativos para iPhone e Android.

Aproveite para fazer um teste gratuito! 😉

Deixe uma resposta