Saiba como ajudar as crianças a escovarem os dentes corretamente entre home office e aulas virtuais

Odontopediatra dá dicas de como acertar o tipo de escova ideal para cada idade e como ensinar os filhos a cuidar dos dentinhos da forma correta; Supervisão de um adulto é fundamental até os 9 anos de idade.

A saúde bucal das crianças sempre foi assunto de extrema importância, entretanto, a atenção deve ser redobrada durante a pandemia, quando muitas vezes a agenda escolar e a do home office interferem na dinâmica do lar. Isso porque até cerca de 9 anos, os pequenos não sabem fazer a escovação corretamente e não têm consciência dessa necessidade para evitar doenças. Por isso, mesmo depois de escovar sozinha, a criança deve ser auxiliada pelos pais para evitar cáries, tártaro, periodontite, entre outras doenças.

Na lista de itens necessários na hora de higienizar estão a escova de dente infantil, o creme dental infantil com flúor e, se necessário, o fio ou a fita dental. De acordo com a odontopediatra, Veridiana Ulson, o uso da escova de dente infantil se faz necessário a partir do momento em que o bebê tenha seu primeiro dentinho. Antes disso, a higiene bucal pode ser feita com dedeiras de silicone ou luvas de tecido (com o auxílio do dedo de um adulto).

Como embaixadora de higiene bucal para a marca Condor, Veridiana destaca: “a educação infantil para a escovação é de extrema importância na formação do indivíduo. Além da higiene bucal, ela envolve questões importantes do ponto de vista psicológico, como autoconhecimento, autoestima e afeto”, diz.

Dos 6 meses aos 4 anos, a escova da criança deve ser pequena, com contornos arredondados e proteção nas arestas, além de cerdas muito macias e uniformes. Quando começam as trocas dos dentes de leite para os dentes permanentes, a criança tem uma dentição mista. A cabeça da escova e a quantidade de cerdas podem aumentar, mas ainda devem ser bem macias. Nesta fase, personagens e desenhos podem incentivar a criança a fazer a escovação sozinha.

“Por volta de 7 anos, a cabeça da escova pode ser um pouco maior e as cerdas não precisam ser extra macias mais, já que os dentes permanentes já estão em franco crescimento em troca pelos de leite”, completa a odontopediatra.

Maneira correta de escovar os dentes da criança:

• Use uma pequena quantidade de creme dental com flúor e deixe claro que ele não pode engolir o creme, embora o gosto seja bom;

• Primeiramente, limpe as superfícies internas dos dentes, onde o acúmulo de placa é maior. As cerdas da escova devem estar em um ângulo de 45 graus em relação à gengiva. Escove suavemente para frente e para trás ou com leve vibração.

• Em seguida, escove todas as superfícies dos dentes voltadas para a bochecha, também com as cerdas da escova em um ângulo de 45 graus em relação à gengiva.

• Por fim, escove a superfície de mastigação dos dentes, para frente e para trás.

• O movimento deve ser leve, pois a pressão excessiva pode causar danos à gengiva.

Práticas básicas como escovar os dentes após as principais refeições e utilizar o fio dental diariamente são atitudes que devem ser levadas a sério e seguidas desde os primeiros anos de vida. Essas ações contribuem para impedir ao máximo a chegada de problemas como a cárie.

Deixe uma resposta