Sem drama para cortar as unhas

imageAté os 2 anos de idade, o momento de cortar as unhas é sempre uma tensão para as mães, que se apavoram diante dos dedos frágeis e delicados.

Não é para menos. “A unha dos pequenos é mais mole, semelhante a uma pele endurecida”, alerta a dermatologista Denise Steiner, de São Paulo. “Por isso, são necessários alguns cuidados para prevenir ferimentos ou inflamações.” Antes de tudo, lave bem as mãos – as suas e as da criança – com água morna e sabonete. Use uma tesoura ou um cortador infantil.

Fique de olho para não se confundir e ferir a pele. Procure realizar um corte mais reto, sem cutucar os cantos, que tendem a inflamar com facilidade. O ideal, nessa idade, é repetir o procedimento semanalmente para evitar que a criança se arranhe. Já as unhas dos pés podem ser aparadas uma ou duas vezes por mês.

Eu esperava ele dormir para poder fazer isso. Ás vezes não dava certo, rs, ele acordava ou uma mãozinha ficava mais escondida e eu não finalizava o serviço, rs. Mas todo esforço é válido, afinal eles se machucam sem querer com as unhas crescidas.

Hoje, com dois anos, é mais fácil. Apesar de ter vezes que ele não quer deixar eu cortar, rs. Mas é muito importante que as unhas estejam aparadas, pois eles ainda podem se machucar ao querer se coçar, por exemplo, e pode machucar algum amiguinho também em alguma brincadeira.

Por isso, mamães, vamos manter nossos filhinhos com as unhas lindas rs 🙂

Bjins e boa semana!

Deixe uma resposta