Série #FamíliasEmCasa traz novas abordagens sobre os desafios das famílias no isolamento social

A série criada pelo Grupo Marista explora temas como tecnologia e convivência familiar

Exposição às telas: cuidados com a tecnologia durante o isolamento

As últimas semanas foram marcadas por mudanças na nossa rotina, que incluíram um aumento no uso de dispositivos móveis. Contudo, o efeito positivo da tecnologia também vem carregada de riscos. Neste vídeo, Caroline Ferreira, pedagoga e gerente de tecnologia do Grupo Marista, deixa dicas de como coordenar a rotina familiar com o tempo de exposição às telas de crianças e adolescentes, evitando, por exemplo, a ansiedade. Também apresenta referências em que os responsáveis podem se aprofundar no assunto.

A tecnologia na vida de crianças e adolescentes: segurança e acompanhamento familiar

É inegável dizer que a tecnologia traz benefícios no nosso cotidiano, aproximando e facilitando o contato entre as pessoas em um período de isolamento. Mas, como utilizar com segurança e qualidade todos os benefícios que os dispositivos nos oferecem? Neste vídeo, Caroline Ferreira, pedagoga e gerente de tecnologia do Grupo Marista, deixa dicas de como criar regras saudáveis para o uso dos equipamentos, estabelecer regras de segurança e aproveitar as opções de controle parental que os programas oferecem. Ela também explica como prevenir e encaminhar situações de violência que podem acontecer online. 

Do tédio à criação: a importância do brincar no isolamento

Brincar é um exercício fundamental para o equilíbrio emocional, para o desenvolvimento de habilidades corporais e mesmo para a aprendizagem de regras de convivência. Neste vídeo, o professor Nélio Sprea, da Parabolé Educação e Cultura, fala sobre a relevância das experiências lúdicas e deixa dicas práticas de como potencializar o “brincar” a partir do protagonismo da criança. Segundo ele, durante o período de isolamento, é importante “dar oportunidade ao tédio” e qualificar as brincadeiras, para que sejam também simbólicas.

Envolvimento e respeito na reorganização da rotina familiar

Respeito, paciência e sinceridade. Neste vídeo, a assistente social Raimunda Barbosa, do Grupo Marista, traz uma conversa sobre como garantir que a convivência em tempos de isolamento seja benéfica. Para ela, a forma como a rotina familiar irá funcionar depende do envolvimento de todos, com distribuição de atividades que cada um possa dar conta e participação das crianças e adolescentes na tomada de decisão sobre a rotina e os acordos da casa. Comunicar as necessidades são as palavras-chave.

Confira as dicas de como cuidar das relações com crianças e adolescentes durante a pandemia, neste e outros vídeos da série #FamíliasEmCasa. Clique aqui! 

Deixe uma resposta