SÉRIES ORIGINAIS COM MULHERES AUTÊNTICAS

Hoje é o nosso dia (Dia internacional da Mulher) e não tem como não lembrar de mulheres incríveis, por isso, trouxe pra gente séries originais da Netflix com mulheres autênticas que vão dominar nossa tela em 2017.

Para se juntar à reverenciada rainha Elizabeth, à imbatível Claire Underwood e às mulheres de Orange is the New Black (OITNB), a Netflix dará as boas vindas a mais personagens femininas que são reais, complexas e carismáticas em 2017. Em março, a Netflix estreia séries originais que contam com atrizes como Julie Andrews, Kate del Castillo e Jane Fonda e, hoje, confirma o lançamento de GLOW, uma nova série cômica com 10 episódios da criadora de OITNB, Jenji Kohan, Liz Flahive (Homeland, Nurse Jackie) e Carly Mensch (Nurse Jackie, Orange Is The New Black, Weeds) que acompanha sete mulheres em sua jornada para formar uma liga de luta livre totalmente feminina no mundo exclusivamente masculino deste esporte, para o dia 23 de junho.

Embora essas protagonistas e suas histórias na Netflix possam atrair diferentes públicos, todas têm uma coisa em comum: são reflexos de mulheres da vida real. Seja Kate del Castillo como Emilia em Ingobernable, lutando contra o mundo da política dominado por homens no México para recuperar sua família e justiça, Britt Robertson como a Girlboss e empreendedora Sophia Amoruso em sua trajetória para fundar a Nasty Gal, quatro mulheres que se tornam amigas trabalhando como operadoras de telefonia na Espanha da década de 1920 em Las Chicas del Cable ou GLOW, uma comédia que mostra a vida de mulheres envolvidas no excêntrico mundo da luta livre feminina dos anos 1980, as personagens dessas séries são criadas de forma que reflita a realidade das espectadoras. Na Netflix, as mulheres podem ser vulneráveis, fortes, engraçadas, duronas, executivas, gays, trans, bicuriosas, deprimidas, raivosas, bipolares, gordas, magras ou nem uma coisa, nem outra.

“Nosso objetivo é refletir a experiência humana completa em nossa programação, e personagens femininas poderosas como Claire, Sheila ou Piper com certeza têm um papel enorme nisso”, afirma Cindy Holland, vice-presidente de conteúdo original da Netflix. “É crucial que as mulheres sejam mostradas com toda a sua complexidade e suas facetas e, graças à liberdade que damos a nossos criadores para contar histórias, vemos a gênese dessas personagens autênticas que os espectadores tanto amam”.

Neste mês das mulheres, conheça as mulheres reais que a Netflix celebra o ano inteiro:

Na Sala da Julie – 17 de março – Julie Andrews recebe sete jovens amigas e espectadoras para aprender sobre arte – dançar, cantar, representar, pintar e muito mais.

Ingobernable – 24 de março – Emilia Urquiza, primeira-dama do México, é uma mulher de convicções e ideais, mas quando deixa de acreditar no marido, precisa reunir forças para descobrir a verdade.

Grace and Frankie – 24 de março – Nesta terceira temporada, acompanhe Grace e Frankie enquanto elas tentam abrir seu novo negócio e continuam lidando com questões familiares e atritos na amizade.

13 Reasons Why – 31 de março – Depois do suicídio de uma adolescente, um colega de classe encontra uma série de fitas que desvendam o mistério de sua escolha trágica.

Girlboss – 21 de abril – Siga Sophia Amoruso, fundadora da marca Nasty Gal, interpretada por Britt Robertson, em sua trajetória da venda de roupas vintage no eBay a seu próprio império multimilionário de moda aos 27 anos.

Las Chicas del Cable – 28 de abril – Em 1928, quatro jovens com histórias muito diferentes começam a trabalhar como “garotas do cabo” (operadoras de telefonia) em Madri, o único lugar que representa progresso e modernidade para as mulheres da época. A partir desse dia, ciúme, inveja e traição se misturam à fome por sucesso, amizade e amor. Novas imagens aqui.

Sense8 – 5 de maio – Partindo de onde a primeira temporada terminou, as mulheres de Sense8, Kala (Tina Desai), Nomi (Jamie Clayton), Sun (Donna Bae) se unem mental e fisicamente ao restante dos Sensates, mergulhados nas tragédias e nos triunfos uns dos outros enquanto fogem de Whispers.

Unbreakable Kimmy Schmidt -19 de maio – Nesta terceira temporada, Kimmy (Ellie Kemper) decide retomar sua vida e começar de novo em Nova York.

House of Cards – 30 de maio – A primeira-dama Claire Underwood (Robin Wright), antiga aliada de Frank, o confrontará mais do que nunca nesta quinta temporada

Orange is the New Black – 9 de junho – Quando a dinâmica de poder na cadeia muda, este grupo diversificado de prisioneiras cumprindo pena em uma prisão feminina se unirá na quinta temporada.

GLOW – 23 de junho – Inspirada pela história real da liga de luta livre feminina dos anos 1980, a série – ambientada em Los Angeles e mostrando cabeleiras enormes e muitos golpes – mostrará a narrativa fictícia de uma atriz desempregada que encontra uma última tentativa de realizar seu sonho na forma de uma série semanal sobre lutadoras. Veja o primeiro vídeo da nova série aqui.

Stranger Things – Halloween – Um ano após o retorno de Will, tudo volta à normalidade…mas há uma escuridão que se esconde sob a superfície, ameaçando todos em Hawkins e a volta de Eleven.

E isto? É apenas o começo. Tem muito mais poder feminino vindo por aí

Beijinhos e continue sendo uma mulher incrível á sua maneira !! 😉

Deixe uma resposta