Single Moms

Nove mulheres, nove histórias, nove separações, nove desilusões, nove esperanças, nove sorrisos… O número é nove ! Engraçado que não chegamos ao número 10…

São nove mães que tiveram que aprender a criar um bebê logo após a separação e conseguir ter lares felizes e estáveis!

Tudo começou quando eu postei em uma comunidade sobre maternidade do facebook, um link do meu blog que falava sobre ‘mães solteiras que desejam voltar a namorar’. Ali, surgiu um bate-papo que foi parar em um restaurante e dali nos tornamos amigas e formamos outra comunidade no facebook, chamada “Single Moms”. (com 93 membros até agora)

Passaram-se quatro meses desde o primeiro nosso encontro (das nove meninas) e nos tornamos confidentes, trocamos informações, ideias, desabafos, medos, alegrias, e muitas risadas… Encontramos nesse grupo um apoio para qualquer hora!

Eu pedi às oito meninas que contassem aqui um pouquinho de cada uma delas… As dificuldades em ser mãe solteira, a parte boa, ruim, enfim.. Leia e também sinta-se orgulhosa delas.. (clique para ampliar)

Slide1 Patricia

Slide2 Andrea

Slide3 Ana

Slide4 Kika

Slide5 Michele

Slide6 Carina

Slide7 Carmen

Slide8 Thiciane

Obrigada minhas queridas e novas amigas por dividirem a experiência de vcs em meu blog 🙂 #tamojunto ❤️ rsrs

Outro dia, eu postei no grupo ‘Single Moms’ um trecho de um texto que eu li sobre mãe solteira que achei muito bacana..

“Criar um filho é um pouco como partir para uma viagem de canoa em pleno oceano — uma aventura cheia de tempestades, ondas enormes e, às vezes, sol e tranquilidade. Já é duro dar conta disso em dois, que dirá quando a empreeitada é individual. Ainda assim, mães do mundo todo conseguem criar filhos sozinhas e ter lares felizes e estáveis. Só porque a embarcação está sob o comando de um só não quer dizer que ela não terá capacidade de navegar as agitadas águas da criação de filhos.”

Ah, e por que não chegamos ao número 10? porque essa é uma perfeição que não existe …

*Bjins* Uma ótima semana pra gente!

2 comentários em “Single Moms

  1. Achei maravilhoso o blog e principalmente os depoimentos! Acabo de ficar solteira, me separei do pai da minha filha. Depois de 3 anos, de um relacionamento todo tumultuado. Decidi que é melhor cuidar da minha filha sozinha mesmo, ser feliz, do que viver de aparências. Agora é viver a vida e dar o melhor sempre para a minha princesa

Deixe uma resposta