SUPER CÉREBRO

O SuperCérebro desenvolve, de forma divertida e inteligente, competências cognitivas e sociais, como: raciocínio lógico, cálculo mental, memória, concentração, sociabilidade, cooperativismo, liderança e estratégia.

O método combina o ensino do Soroban (ábaco japonês), jogos de tabuleiro importados e Jogos manuais.

A metodologia aposta no desenvolvimento de áreas específicas da mente, e, portanto, em uma performance melhor para lidar com problemas intelectuais de modo geral.

Para chegar ao objetivo (o desenvolvimento de áreas específicas da mente), o método SuperCérebro se vale de recursos testados por um longo tempo, e aprovados.

Segundo o criador do SuperCérebro (o professor e engenheiro elétrico Ricardo Lamas), os exercícios e os jogos apaixonam os participantes. Tanto que, ao final de cada aula de 1h40 (50 minutos de Soroban e 50 minutos de jogos), a impressão das turmas é que se passaram apenas 10 minutos do início da aula.

O Pedrinho está adorando exercitar o cérebro de forma divertida e inteligente! A partir de cinco anos pode ser feito o curso. O Pedro iniciou agora no primeiro ano do ensino fundamental.

Para os pais, os benefícios também são sentidos com o passar do tempo, já que em geral é percebido um aumento na autoestima dos alunos e melhorias nos resultados acadêmicos. Obviamente, os professores também ficam satisfeitos, já que aumenta a disciplina e a concentração em sala de aula.

Muito legal!

Deixe uma resposta