Zooterapia no parque

Adoro levar o Pedro a parques e já dei algumas dicas aqui de alguns que eu vou bem legais. Agora, descobri a zooterapia no parque. Já ouviram falar?

Eu participei por duas vezes com o meu filhinho e ele amou! Lavou o casco da tartaruga, deu cenoura ao coelho, penteou os pelos do cachorro, enfim, contato direto com os animais.

Mas afinal, o que seria a zooterapia? É a utilização do contato com animais para fins terapêuticos, como cães, coelhos, tartarugas e aves. O Contato com um animal adestrado para esse fim (devidamente acompanhado por profissionais terapeutas) pode melhorar a autoestima, a qualidade de vida, autoconfiança e aspectos motivacionais entre tantos benefícios.

Onde acontece? Aos sábados e domingos no Parque Esportivo dos Trabalhadores – Antigo Ceret. Rua Canuto de Abreu, s/n – Tatuapé – São Paulo – SP – Fone: (11) 3442-3013.  Saiba mais aqui http://www.zooterapianoparque.com.br/

Não se surpreenda se o seu filho pedir um bicho de estimação (rs)! Mas não se preocupe…Pois o animal provoca diversos estímulos na criança. O bebê exercita a coordenação motora fina ao ter de controlar sua força para acariciar um cachorro, um gato, um coelho. Treina a marcha ao engatinhar ou tentar andar (por vezes, correr) atrás do animal.

Olfato, visão e audição são provocados pelos sons, cheiros e movimentos dos bichos.

O cachorro, faz ainda com que a criança exercite sua autoridade num mundo de “adultos-juízes”, que arbitram sobre a vida dela o tempo todo. “Com o animal, ela terá a oportunidade de ser o juiz, mandar e desmandar. Além disso, expõe para a criança o significado de preservação à vida e de limite à dor”, diz a pediatra Sandra Oliveira Campos.

Muito bom né? mas ainda prefiro levar o Pedrinho até a zooterapia no parque rsrs

Bjins e um ótimo final de semana 🙂

Fonte: Revista Crescer e Zooterapia no Parque

Deixe uma resposta